O mapa do Multiverso DC! MILS e Infos - Parte 1 de 2: O além do Multiverso



Finalmente tomei vergonha na minha cara, e decidi escrever sobre algo que, ultimamente, tem me fascinado muito! Sim, como o titulo spoila, vou falar do Multiverso, que é também a descrição de nosso Blog "Onde os Multiversos Colidem" (provavelmente eles se colidiram durante uma CRISE que ocorreu nesses multiversos, como podem ver, a Cammy está jogando Marvel vs Capcom 3 contra o Dr. Destino... E parece que tem alguma coisa atrapalhando ela... Nah, deve ser impressão minha, vocês vão entender se forem na page do facebook...)
...

Tá, nós temos o Multiverso lá, mas hoje eu vou falar de um Multiverso fechado, vou falar do Multiverso DC. Aliás, aquela ali é a capa da Super Saga Convergence... Prevejo Multiversos se alterando de novo.

Enfim...

Sim, sou muito fã da DC, acho que já citaram isso por aqui uma ou outra vez... Mas que se dane isso, o papo aqui é outro! E essa é provavelmente a ideia mais ambiciosa (e idiota) que eu já tive nesse blog, e provavelmente vai ser a ideia mais ambiciosa que eu vou ter por aqui... Não sou muito criativo pra temas, sabe? E quando eu quero falar sobre algo, eu acabo fazendo um artigo que não supera minhas próprias expectativas... Tá, chega desse dramalhão de um bosta que não se sente realizado.


Eu não sou muito manjão do universo DC (sim, mesmo sendo minha editora de quadrinhos favorita, não compreendo muitas coisas estabelecidas em seu universo), mas quero fazer o meu melhor, quero que esse seja meu artigo absoluto (por um longo tempo, até que eu invente de fazer algo melhor), e quero explicar com minhas palavras esse Multiverso loucão da DC.

El Multiverse: 

 

 

O Multiverso é uma ideia um tanto genial por parte da DC. Esse conceito foi utilizado para organizar os universos, e deixar as pessoas menos confusas (acho que não funcionou tanto assim...) Separando historias paralelas (ou sem sentido algum) do universo tradicional, onde as principais tramoias acontecem, além disso, esse conceito é usado para também criar crossovers entre personagens de Terra A ou B, e sua primeira utilização foi em um crossover de dois Flashes, o da Terra 1 com o da Terra 2.

Barry Allen se encontra com sua contraparte, Jay Garrick, nesta icônica capa.

Nessa clássica historia, Barry é transportado para a Terra do povo dourado (ele parou lá depois de tentar agradar as crianças com seus truques de velocidade), e nessa mesma historia é explicado também, como o Flash conseguiu parar nessa outra Terra, e a explicação é a seguinte: Cada universo vibra numa frequência diferente, fazendo com que as mesmas fiquem separadas.

Então o que o Barry fez? Para que ele fique invisível (e fazer a criançada feliz), Barry faz seu corpo vibrar suas moléculas, e isso faz com que ele sintonize seu corpo com a frequência dessa outra terra, e assim, sendo transportado para essa outra terra... Que viagem do cacilda!

Mas essa foi apenas a ponta do Iceberg, a DC estabelece seu multiverso na HQ, Crise na Terra 1 (Crisis on Earth-One, no original) na edição numero 21 da Liga da Justiça da América. A DC a partir dai, estabelece o conceito de vez e numera as duas Terras, sendo a da era de prata (a padrão da época) a Terra 1, e a da era dourada (não, não aquela do Berserk) a Terra 2, e bem mais pra frente, ela define onde fica outros universos para algumas historias fora do padrão dos universos citados acima.

Bem, essa é a introdução do Multiverso. A DC expandiu o conceito em algo fora do comum, e ele ficou tão insano, que ficou ultra confuso, e mesmo com a ideia ajudando as pessoas a se guiarem mais quando forem comprar uma HQ, ainda não era o suficiente, pois o universo estava grande demais e fora do controle. Foi nesses tempos de confusão, que fora criado a Crise nas INFINITAS TERRAS, onde a DC exterminava alguns universos somente para deixar as coisas mais organizadas.
E depois de uma cota de tempo, a DC liberou um mapa do Multiverso, para promover o lançamento do seu mais novo titulo conhecido como Multiversity, e também para as pessoas entenderem mais como funciona tudo certinho.


E eu estou aqui! Com a missão de te guiar nesse mapa e explicar algumas coisas presentes no mesmo, chegai, rapá!


...QUÊ?


É eu sei, e aparentemente foi o Grant Morrison (Batman INC, Os Invisíveis, Grandes Astros: Superman) que criou essa parada.
Ah sim, só para lembrar que o mapa tá atualizado com o reboot do Flashpoint, ou seja, o Mapa agora pertence ao novo Multiverso, conhecido como Os Novos 52. 

E outra, nem tudo que eu colocar aqui pode ser cannon, afinal, o universo DC sofre alterações constantemente, então é bom se ligarem nisso... E também provavelmente vai faltar informações, mas se alguém quiser debater a respeito, ou me falar algumas coisas, sintam-se em casa.


Deus... É como confrontar um colossos de frente, mas faço questão de explicar algumas coisas, vamos começar do inicio... Ali, ali ó, embaixo do "THE", vamos começar dali.


Overvoid e Destino:



Vamos começar falando de Overvoid, o que diabos é Overvoid? Bem... Sinceramente nem eu sabia sobre essa parada, até sair pesquisando que nem um louco!
Overvoid (UOR vai curtir essa) é um vasto e imenso universo além da compreensão, e esse mapa que vemos é só mais uma gota d'água em um mar imenso e infinito. Para quem conhece (o supremo) Xenogears, deve conhecer o ser chamado de "Wave Existence", e bem, Wave Existence em outras palavras, seria "Deus", e a parada com a Wave é a seguinte: 

Antes do inicio do Universo, tinha as ondas ondulantes (ahvá) de uma dimensão maior, e todas as coisas eram uma só, tudo era unido nesse lugar. Foi ai então que as ondas se "derramaram" e criaram o universo de quatro dimensões em que vivemos. A Humanidade e as Almas que as pessoas possuem, são apenas sobras dessa onda derramada.

Essa é a descrição da Wave Existence, e a ideia por trás de Overvoid, o seu conceito, não é tão diferente assim ao meu ver.

Em outras palavras, Overvoid é algo que já sai do Multiverso, o que existe dentro dele, ninguém sabe, tudo o que sabemos é que ele sempre vai estar ali... Provavelmente não existe nada nele.

Agora vamos falar então da figura abaixo, ele é o Destino dos Perpétuos:

Destino dos Perpétuos é um personagem que foi criado por Marv Wolfman e Berni Wrighston, mas que ganhou destaque na obra suprema de Neil Gaiman, Sandman.

Ele é irmão de Sonho, Delírio, Destruição, Desejo, Desespero e Morte dos Perpétuos. Enfim, ele é nada mais nada menos que o próprio destino, e é ele que sabe de tudo graças ao seu enigmático Livro da Eternidade.







O Livro da Eternidade
 
Não tem muito o que falar do Destino, apenas que ele é o Destino, ele sabe quando o Destino irá se alterar, e também sabe o Destino do próprio Destino, pois isso tudo já estava Destinado.


Ele sabe de tudo no universo DC, cada historia, cada crise, cada MIL, ele vai saber...


Eu achei legal o fato de adicionarem ele no mapa, mesmo não possuindo muita informação sobre o mesmo, mas dá pra reparar na importância que esse personagem tem nesse universo. Ele se encontra próximo ao Overvoid, provavelmente porque ele foi a primeira coisa existente nesse universo, antes mesmo do Universo DC pensar em existir... Ou talvez, ele exista antes mesmo da Overvoid existir, afinal, ele é o Destino! Antes do Destino existir, o Destino estava ali prevendo isso!

Já não tenho muito o que falar sobre os dois, somente que o conceito de ambos é insano, principalmente sobre o Destino... É loucura pensar nisso, Destino quebra as regras do tempo, esse tipo de coisa não existe para ele... É, tá, chega! Vamos para o próximo logo.

 

Source e a Source Wall:

O vermelhinho ali é a Source, só pra deixar claro.



As coisas na verdade, começam a complicar pro meu lado agora, pois já entramos de vez na esfera do Multiverso, e primeiramente devo dizer que uma coisa separa a outra, por exemplo:


- A Barreira de Força de Velocidade (Speed Force Wall... Não encontrei uma tradução melhor, se alguém tiver, me dêem sugestões) separa os Multiversos da Esfera dos Deuses (Sphere of the Gods ali na lateral);


- O Limbo separa a Esfera dos Deuses para a Esfera dos Monitores (Monitor Sphere);

- A Source Wall (puq num traduziu essa, paspalho?) separa a Esfera dos Monitores para a Source e a Overvoid. 

Tudo muito bem organizado e em seu devido lugar... Eu ainda vou explicar mais a fundo sobre eles, só falei sobre isso agora pra deixar mais bem entendido, vamos seguir o mapa pela ordem que eu estou criando.
 
Primeiramente, a Source Wall é o lugar que "protege" a Source, qualquer um pode passar por ela, mas se a pessoa vai conseguir chegar a Source, isso já é um mistério, qualquer um que passa por ali fica preso ou perdido, as probabilidades disso são grandes, e raramente alguém consegue alcançar a Source, as vezes o destino da pessoa é até pior.


Composta pelos Velhos Deuses (explicação profunda mais pra frente)... Essa é a Source Wall.

Kyle Rayner, um Lanterna Verde, foi o único humano (na sua forma humana mesmo) a atravessar a Source Wall, como o rapaz conseguiu eu não sei, mas ele conseguiu.

Source, é o lugar mais próximo de Overvoid, e o fim do Multiverso. Seu conceito foi criado por Jack Kirby.

Uma poderosa entidade que rege o Multiverso acima de todos nasceu desse lugar, e qualquer um que alcança a Source consegue poderes inigualáveis (foram poucos... Talvez só o Superman Prime... ou UMILHAO se preferir), em outras palavras, o poder total! A Onipotência, a Onipresença e a Onisciência. 

E falando da poderosa entidade, ela é ninguém mais ninguém menos que:

A Presença: Também conhecido como o Deus definitivo do Universo DC, ele foi a única criatura que nasceu diretamente da Source, logo seus poderes são absolutos. Um personagem complicado, pois muitos roteiristas tem sua própria interpretação desse personagem, alguns veem ele como o Deus cristão YHWH, alguns veem ele como simplesmente uma força, alguns veem ele como criador do Universo DC, outros veem apenas como parte desse universo que já fora criado antes dele.

São muitas interpretações diferentes do personagem, cada um escolhe o que a Presença é.

A minha parada é a seguinte, Source seria uma espécie de fluxo do Overvoid, e a Presença seria nada mais que um avatar da Source, e o deus cristão Jeová seria inferior até mesmo a essa existência, já que o céu e o inferno se limitam a Esfera dos Deuses no mapa do Multiverso.

Agradeço ao Flames por me ajudar nessa parte, a gente viajou até umas horas nessas ideia.

Outro personagem relacionado a Source é ninguém mais ninguém menos que o Superman Prime (ou One-Million):

Esse famoso rapaz dourado é nada mais nada menos que um dos poucos seres vivos que conseguiram alcançar a Source, e esse Superman é sempre usado naquelas besteirinhas de lutinha contra tal personagem de Anime ou HQ. 

Ele estudou a Source por séculos, e quando ele saiu dela, voltou como um ser com poderes absolutos, se tornou parte dela... Se tornou uma Presença da vida, talvez até mesmo mais poderoso e ilimitado que a mesma, já que possui os poderes dos duendes de alterar as realidades! 


A historia de Prime é belíssima, ele tem basicamente as mesmas origens do Superman comum, a diferença é que no fim do século 21, ele abandona a Terra e deixa ela nos cuidados de seus descendentes, indo pra uma longa jornada ao infinito e além! 


Nesses tempos de andarilho do infinito, ele aprende a aprimorar ainda mais suas habilidades, até que ele chega na Source Wall e consegue atravessa-la, tendo assim, contato direto com a Source, depois disso suas capacidades se tornaram infinitas, Superman enfim, se torna o Deus absoluto! Passam a chama-lo até de Deus Dourado.


Esse cara conseguiu fazer inúmeras coisas, voltou para a Terra no Século 700, e nesse tempo, conseguiu recriar Lois Lane com um DNA, conseguiu também recriar Kripton a partir de uma simples rocha, e por fim, conseguiu criar seu próprio universo. É injusto alguém querer colocar esse cara contra o Goku... Nem sei quem diabos teve uma ideia absurda dessas, mas enfim.

Esses são dois exemplos de seres que possuem o poder da Source, eles se tornam absolutos! Tenho mais coisas a dizer sobre a Source, que eu achei interessante, e é sobre o Lanterna Verde, Hal Jordan...

De alguma forma ele se tornou o Espectro (um dos seres mais poderosos da DC, só pra deixar avisado) e conseguiu ir até a Source, e de acordo com a wikipedia (sim, sou safado e procuro até ali sobre informações) ele viu uma bateria gigante do anel do poder, e o Old-Timer (um guardião... Aqueles bichos azulados do Lanterna Verde lá) disse que aquilo era a forma que ele via a Source.

Então assim como a "A Verdade" em Fullmetal Alchemist, cada um vê a Source de uma forma diferente, o que é interessantíssimo, só não acho que tenha um cara estranho e risonho ali! Ah, e continuando sobre o Jordan, ele não pegou parte do poder da Source para si... Ele saiu do local, mas o mesmo afirmou que uma parte dele ainda continua naquele lugar.

Hal Jordan como O Espectro.
Outro que viu a Source foi o famoso Lúcifer - Estrela da Manhã, ele viu aparentemente, um homem amarelo feito de pedra, o que eu infelizmente não posso confirmar, pois não li Lúcifer... Infelizmente...

Aqui encerro a sessão Entidades e poderes absolutos, vamos pra próximo! 

 

NIL e Limbo:



NIL é um derivado de MIL, que é onde se encontra esse Blog! 

Tudo bem, brincadeira, mas é divertido pensar nisso.

Continuando, NIL se encontra na Esfera dos Monitores, e NIL é o planeta que eles habitam, é nesse lugar que eles vivem e é também a base de operações dos Monitores, os seres que vigiam o Multiverso para ver se tá tudo em ordem, ou se tá acontecendo alguma merda cósmica ai.


Eis os Fabulosos MONITORES! (Malz, não podia perder a piada)

Mas o que cacetada são os Monitores, afinal? Bem... Os Monitores são o povo encarregado de vigiar o Multiverso como eu já disse antes.

Antigamente só existia apenas dois dessa raça, eles são:

O Monitor: Ele que era a incorporação viva de todos os universos positivos, nasceu depois da criação dos Multiversos pelo cientista Krona (irei falar dele mais pra frente) na Lua de OA. É um personagem importante no Super evento "Crise nas Infinitas Terras". Nessa saga, ele vigiava os universos afim de encontrar poderosos heróis e vilões para combater seu irmão, Anti-Monitor... Isso a muito tempo, antes do reboot acontecer.



Anti-Monitor: Assim como o Monitor, ele foi criado logo após Krona liberar os Multiversos e o Universo de Antimatéria, Anti-Monitor controla esse universo de Antimatéria e ele é uma contraparte maligna do Monitor. Ele é o vilão principal de "Crise nas Infinitas Terras", e tem como objetivo consumir todos os universos e se tornar o ser mais poderoso já visto. Sem sombra de duvidas ele foi a maior calamidade que o universo DC já enfrentou, seu poder era assombroso, faz até uma Jenova ou Kefka da vida cagarem de medo com tamanho poder.

Anti-Monitor conta também com os equipamentos de Qward (um planeta no universo de Antimatéria), que lhe deram infinitas possibilidades, e a possibilidade de consumir os universos é uma delas.

O caso desses dois é mais ou menos como uma espécie de Ying Yang... O Monitor exterminou muitos universos, mas ele trouxe um equilíbrio entre os Multiversos, mas no fim ele precisava ser parado, se não toda a existência deixaria de existir.

Depois de muitas tramoias (algumas coisas eu não faço ideia de como surgiu) no Universo DC, apareceram 52 Monitores para vigiar os Multiversos, isso se eu não me engano, aconteceu depois de Crise das Infinitas Terras, ou depois da Crise Final.

Agora sim, Os Monitores de verdade!

Acho que já deu pra entender o que é o Nil, certo? tá na hora do Limbo.

Limbo (que não é aquele Limbo fodão do DmC) é (ou era) um lugar onde os personagens esquecidos nos quadrinhos são jogados, e lá, eles vivem por uma eternidade (aposto que O Incrível Homem-Homem, vive por lá), ele apareceu pela primeira vez em uma HQ que não conheço chamada Ambush Bug, e foi uma criação de Keith Giffen. O seu conceito seria mudado em 1990, na HQ Homem-Animal, escrita por ninguém mais ninguém menos que Grant Morrison, o nosso carequinha louco.


" É isso que acontece conosco quando nós morremos?"
E aqui está outro conceito muito interessante do multiverso, o Limbo é o lugar onde os heróis esquecidos pelos escritores e pelas pessoas são mandados, ou seja, eles "morrem" pois a única forma de um super-herói morrer de verdade em um quadrinho, é ele sendo esquecido por nós humanos, pessoas normais.

Heróis são como Deuses, e os Deuses (em geral) dependem das pessoas e sua fé para existirem. 

Isso não é diferente com o Batman, o Superman, a Mulher-Maravilha e etc, eles são como Deuses, e se as pessoas deixarem de gostar desses heróis algum dia, eles irão morrer, e vão acabar parando no Limbo, caso contrario, eles irão viver para sempre, sempre terão historias e mesmo se isso acabar um dia, eles terão suas estátuas e seus desenhos para serem eternamente lembrados.

No fim, a existência de criaturas fictícias depende sempre de nós, e apagar a fama deles é algo que talvez nunca irá acontecer, pois é quase impossível simplesmente esquecer a existência de um Batman.

Enfim, é isso que o Limbo é, um lugar onde os esquecidos vão parar, eles ficaram presos lá até que alguém decida reutiliza-los em uma nova historia.

Limbo utilizou vários heróis antigos, e durante a Crise Final, alguns deles tiveram grande importância, como o esquecido grupo de heróis conhecido como Inferior Five, um tal de Gay Ghost e por ai vai.

O drama de Merryman, líder do esquecido Inferior Five que se autoproclama rei do Limbo, na Crise Final.

 

Esfera dos Deuses e a Dimensão do Sonhar:


Bem, aqui eu vou explicar como funciona a Esfera dos Deuses.

Cada reinado que reside nessa esfera possui um lado "negro". Por exemplo: Nessa esfera vive tanto o Paraíso quanto o Inferno, tanto o Olimpo dos Deuses quanto o Submundo, e etc.

No caso da Dimensão do Sonhar ele tem dois lados, o Sonho (visto acima) e o Pesadelo (abaixo).


A Esfera dos Deuses é a realidade metafísica de todo esse Multiverso, e é ai que vivem os Antigos Deuses, os Novos Deuses, Anjos, Demônios e os Perpétuos

A Dimensão do Sonhar é um lugar reinado por um dos Perpétuos, e como vocês já sabem, ele é o já citado Sonho dos Perpétuos. Conhecido também como Morpheus, Orneiros, João Pestana ou Mister Sandman (Send me a Dream!).

Em um dia, uma criatura dormiu, e nesse tempo Morpheus nasceu, criando seu plano imaterial conhecido como Sonhar, onde os sonhos de todas as criaturas são criados.

Falando no diabo, vamos falar sobre o Sonho em pessoa!

Sonho dos Perpétuos: Rei desse lugar estranho conhecido como Sonhar, ele em outras palavras, é o sonho em pessoa. Morpheus é um cara melancólico, muleke piranha, muitas vezes egoísta e até mesmo humano em suas ações... Criado do primeiro sonho da primeira criatura a idealizar alguma coisa na sua existência, ele reina o Sonhar e é um ser muito respeitado por várias criaturas, incluindo os Marcianos (cê tem de ver a cara do Caçador de Marte quando ele vê o Morpheus na porta de sua casa), ele assim como todos os bons Perpétuos, é um personagem incrível, de uma das melhores obras já criadas nos quadrinhos em geral.


Bem, voltando ao Sonhar, ele é um lugar complicado de descrever, ele tem vários locais e muitas outras criaturas morando nesse mesmo lugar, mas o conceito é bem esse mesmo, o Sonho sendo o lugar dos bom sonhos, e o Pesadelo é o lugar onde os sonhos bizarros e assustadores são criados.

É ai que tem a Biblioteca do Sonhar, onde os livros nunca escritos existem... Esse lugar tem uma ideia genial, por exemplo, um dia você imaginou uma historia, mas ai essa historia acabou ficando perdida em sua imaginação... Bem, ela está ali, naquela biblioteca, esperando você trazer a ideia de volta a vida.

Uma coisa interessante sobre o Sonhar, é que a Esfera dos Deuses nada mais seria que uma expansão que veio desse lugar. Em Sandman, o sonho tem uma dualidade de moldar a realidade, e na mesma é dito que os Deuses são desejos das criaturas vivas de possuírem algo superior a elas, que regem sobre as mesmas, as coisas vivas sonham com os Deuses, e eles criam vida... Isso dá pra encaixar na nossa própria realidade mesmo, não só na do Multiverso, até porque, nós criamos esses personagens todos, eles nasceram da nossa imaginação, dos nossos sonhos e desejos.

Outro fato que comprova essa teoria, é que a Esfera dos Deuses começa de cara com o Sonhar, do lado temos os mundos divinos, onde são representados de cor branca, assim como o Sonhar. Já o lado dos submundos são cobertos por uma cor negra, que é a mesma cor do Pesadelo, no ponto mais baixo da Esfera dos Deuses.

Enfim, é uma teoria, mas o Sonhar seria o lugar mais complexo e gigantesco nessa esfera.

Se quiser ler um artigo detalhado sobre Sandman basta clicar aqui!

 

Céu e o Inferno: 




Como vocês já sabem, céu é o lugar que vive o deus cristão, Jeová, seus anjos, e claro, ninguém mais ninguém menos que O Espectro:


Espírito da vingança, ele seria um avatar da justiça divina, esse poderoso ser escolhe um hospedeiro e vive nele com poderes quase infinitos, seu objetivo é... como todos sabem, fazer a justiça. Ele aparece no Ano Três de Injustiça: Deuses entre Nós, onde ninguém sabe o que diabos aconteceu, mas ele está do lado do Supermonstro Ditador por algum motivo.







 Alias, o Batman peitou ele de frente nessa HQ, Batman mito!

Coragem esse rapaz tem de sobra!
COF COF, Enfim...

O céu é conhecido também como Cidade Prateada no universo DC.

E o inferno é o lugar onde vivia Lúcifer - Estrela da Manhã e outros demônios, como Etrigan, o pai da Ravena conhecido como Trigon, Belial, Azazel, entre outros demônios poderosos.

Vencedor do premio de Melhor Pai do Ano diversas vezes, esse é o grande Trigon!

Lúcifer durante o arco da Chave do Inferno no Sandman abandona o inferno, dando a chave da mesma para o Lorde Moldador de Sonhos, e este tem a dura decisão de decidir com quem diabos essa chave vai ficar. Um dos melhores arcos de Sandman, e é justamente nele que mostra o personagem incrível que é Lúcifer, ele é bem diferente de muitos conceitos criados pro mesmo, esse da DC está de saco cheio de cuidar daquela baderna toda, e vai curtir a vida na Terra.


Alias, a chave fica com dois anjos enviados por Deus, para cuidarem do inferno lado a lado, é um quadro emocionante, até porque o anjo que foi designado por esta missão, ficou com um certo medo de ficar com o cargo de Lúcifer para todo o sempre, e o seu irmão promete ficar ao seu lado por toda a eternidade no inferno...

Mais um drama pra vocês...

Falando em Lúcifer...


Lucifer - Estrela da Manhã: Com sua aparência baseada no Rockstar doiderado e bizarro David Bowie, Lúciano das Estrela é aquele tinhoso lá que todo mundo odeia, mas diferente de vários tinhosados, como eu já disse, ele é um cara que tá de saco cheio da porra toda, e decide ter uma vida de aventuras e tranquilidades na Terra.

Uma coisa que eu acho insanamente foda dele, é em um dialogo dele com o Morpheus, ele diz que os humanos vivem culpando os demônios por muitas de suas merdas, quando os demônios não estão na verdade, fazendo nada para os humanos, os humanos só são uns merdas que acham mais fácil culpar os outros por seus erros.

Ele também tem poderes inimagináveis, ele tem onipotência, limitada por uma regrinha de que ele não pode simplesmente criar algo do nada, para ele manipular tal coisa, ela precisa existir, só assim Lúcifer tem domínio, além de possuir imortalidade, invulnerabilidade, entre outras habilidades apelonas.





 Nova Gênese e Apokolips:

 


Nova Gênese é o lar dos grandiosos Novos Deuses e Apokolips assim como a imagem diz, é o lugar onde Darkseid governa, e ambos existem perto da constelação de Orion segundo algumas especulações, e vivem na Quarta Dimensão, uma dimensão onde os seres que vivem nela só podem sair com Teleportadores conhecidos como Tubos de Explosão.

É dito também que se alcançarem a Quarta Dimensão sem os tais tubos aí, as pessoas são surpreendidas por GIGANTES! Pois os habitantes da Quarta Dimensão são na verdade gigantes, Darkseid para ir para a Terra é preciso usar o tubo, e por isso fica do tamanho de um humano normal, eles são na verdade gigantes. (Quero ver o Superman peitar o Darkseid assim!) O tubo faz as pessoas ficarem proporcionais as dimensões, então quando alguém vai para Apokolips usando o tubo, seu tamanho fica proporcional a aquele lugar.

Ambos os lugares (e suas mitologias e personagens) foram criados por ninguém mais ninguém menos que Jack Kirby, e eles também são conhecidos pelo nome de Quarto Mundo de Jack Kirby.

Com a vinda dos Novos 52, eu não sei o que se alterou, ou o que se manteve, mas eu vou deixar aqui o resultado de minhas pesquisas.


Primeiramente, antes de deixarem de existir, os Antigos Deuses (alguns possivelmente sendo Deuses Mitológicos como, Zeus e etc) travaram uma guerra.


A guerra mortal que culminou para o nascimento de Nova Gênese, o Ragnarok dos Antigos Deuses foi iniciado por conta das poderosas armas de guerra conhecidas como Mageddon. Durante a guerra uma onda de poder é espalhada pelo universo, e consequentemente cria a famosa Força de Velocidade, e o Metagene, no qual faz humanos como nós, terem poderes incríveis.

E com a destruição do planeta dos Antigos Deuses, é criado a Nova Gênese e Apokolips, lar dos grandiosos Novos Deuses. Nova Gênese e Apokolips estão travados em uma guerra entre o bem e o mal eterno, numa escala que vai além de qualquer outra já travada.


Então vamos conhecer um pouco sobre a Nova Gênese! Uma perfeição em forma de lugar, a natureza é viva nela, radiante, totalmente perfeita... Um verdadeiro paraíso...  Ela tem uma única cidade onde vive os criaturas vivas, é uma cidade gloriosa e flutuante, uma utopia nas nuvens que não afeta a ecologia do planeta, que é conhecida pelo nome ingênuo de Supercidade, um nome que cai bem a um reino fantástico, imaginado para cativar crianças.





Nela, o Highfather Izaya a comanda como um líder:


Com pinta de veio cristão, Izaya - O Pai Celestial foi inspirado também em Zeus ou até mesmo Odin. O véio tem contato com a Source (ou com a Presença possivelmente...) E isso faz dele superior entre os outros Novos Deuses, e outro ser extremamente apelão no universo DC. Ele teve uma treta com Darkseid, e por manipulação do mesmo, matou o antigo líder de Apokolips (que era pai de Darkseid) Steppenwolf, fazendo com que Darkseid se torne o rei supremo de Apokolips. Em um acordo de paz entre os mundos, O Pai Celestial propõe um acordo com o poderoso Darkseid, onde ele cuidaria do filho de Darkseid Órion, e Darkseid criaria o filho de Izaya chamado de Scott-Free.

Nos Novos 52, na Terra Prime, Izaya e Darkseid são irmãos de sangue.


Izaya da Terra Prime é bem mais legal...





Órion: Eu particularmente, acho esse rapaz foda. Como já foi dito, ele é filho biológico de Darkseid com Tigra, que foi criado por Izaya. Ele aprendeu a controlar seu poder e sua raiva, e se tornou o guerreiro mais poderoso entre os Novos Deuses, e talvez o guerreiro mais poderoso de todos os tempos. Ele é um herói dedicado aos ideais de Nova Gênese, e com suas habilidades impressionantes em combate, ele adquiriu o codinome de "O Cão da Guerra".



Entre outros Deuses também está o grupo Forever People (Ou Povo da Eternidade), mas não vou fazer uma descrição grande sobre eles, uma característica interessante dos Novos Deuses, é que eles possuem a imortalidade, mas ainda assim eles podem ser mortos... Estranho... Vamos falar logo sobre Apokolips!

Apokolips como eu disse MIL vezes, é o planeta reinado por Darkseid, o oposto da Nova Gênese.




Enquanto Nova Gênese era um Utopia perfeita, quase um paraíso futurista, Apokolips é totalmente o inverso, parecendo mais uma Distopia Industrial, o lugar é sombrio, vermelho e cinzento. Ele possui uma frequência estranha com um mundo físico e o próprio Inferno, é um lugar ameaçador pra caralho!


Múltiplas raças de diversos seres lokões vivem nesse lugar, entre eles os "Lowlies", que é um povo que não tem senso de valor próprio, e também, os mais descartáveis de Apokolips.


Os Parademons que são aqueles bixos voadores lá, são a tropa de choque de Darkseid, são criados em laboratórios apenas para servirem a Darkseid.



Só servem pra apanhar
E as Furies (que não são as Fúrias de Sandman) que são a guarda pessoal de Darkseid, que possuem superforça e agilidade superior entre outras habilidades. São comandadas por Vovó Bondade, uma veiota com voz de homem... Um travecão em outras palavras.


E elas foram responsáveis por uma das lutas mais bem animadas que eu já vi em uma animação! no filme Superman/Batman: Apocalypse.



Nela, Mulher-Maravilha confronta as Furies com ajuda da Grande Barda, no qual eu vou falar agora.


Grande Barda: Ex Furie de Darkseid, ela deixa seu posto por conta de sua paixão por Scott-Free, a raça dela é New God também, foi criada pela Vovó Bondade para ser a guerreira perfeita, mas Barda seguiu seu próprio destino e abandonou o seu passado para criar um novo futuro com Scott-Free e ambos fogem de Apokolips para viverem em paz na Terra. Ela se torna membro de equipes tanto da Liga da Justiça, quanto das Aves de Rapina.



 
 Sim, só falei dela pra enviar esse video, EUAHEAHEAH.


Agora chega de lenga lenga e deixa eu falar logo de Darkseid, pra encerrar essa parte.

Darkseid:  Outro vilão super temido e poderoso do Universo DC. Inteligente, ultra-poderoso, solta raio pelos zoio, e procura pela lendária Equação Antivida. Darkseid apesar de tudo, é um vilão trágico, sua queda para o lado sombrio da força (hehehe) foi por conta da morte de sua esposa, Suli que fora assassinada pela própria mãe de Darkseid. Desde então, Uxas (nome real dele) abandonou suas emoções, se tornando um quase Gatts do Berserk da vida... 

Ele assassina seu irmão Drax que queria tomar a Força Ômega para si, e consume a mesma força para dentro dele, fazendo Uxas ter essa aparência rochosa que conhecemos... Ele adquire seus poderes e passa a usar o nome Darkseid, se tornando esse grande vilão.

Darkseid busca por uma força gigantesca que ele conhece como Equação Antivida, ele acredita (ou acreditava) que a tal equação vive no subconsciente dos seres humanos, e por isso ele ataca a terra constantemente, sua primeira busca pela equação foi na mente de Scott-Free, no qual o resultado não deve ter sido tão satisfatório.

Darkseid é um dos vilões que mais geram uma treta maligna, e se não me engano, ele foi o grande responsável pela Crise Final, e sempre que ele aparece, podem esperar por uma luta épica, ou algo muito tenso!

Existe uma profecia também, que diz que seu filho Órion, está destinado a matar seu pai... Não sei se isso já ocorreu... Mas enfim... 

Eu curto demais a parada dos Novos Deuses, eu fico imaginando aqui, se eles se tornassem os Deuses mais conhecidos na nossa realidade mesmo? Poxa isso é legal de se pensar... Igrejas louvando a Órion! lel.

Antes de encerrar essa parte, fiquem com essa imagem:

A DC bem que podia fazer um filme dos Novos Deuses... Seria épico


Skyland e o Submundo:


 

Aqui é nada mais nada menos que a parte mitológica da DC, lar dos Antigos Deuses como Zeus, Odin, Rá e etc, eles vivem em Skyland.

Deuses do Olimpo, Romanos, Chineses, Nórdicos, Japoneses, Chineses, Joojambo, Maricota, Brasileiros, Bahianos e etc vivem tudo nesse lugar, e cada um tem um "setor" especifico para viver... Esses diversos Deuses aparecem no arco da Chave do Inferno em Sandman.


Iae, qual vai ser oh dos Sonho?

Aí vivem as lendas que nós humanos cultuamos e propagamos pelo planeta Terra.

A DC em particular, usou muito os Deuses do Olimpo, Mulher-Maravilha é criação desses Deuses, criou até mitologias próprias para seu universo.

E o Submundo é o inverse de Skyland, aqui vive Hades, entre outras criaturas mitológicas, pois assim como o Skyland, ele não está limitado a somente os Deuses do Olimpo, logo Niflheim o inferno congelante nórdico também deve existir nesse lugar.

Quando o mapa do Multiverso saiu, tivemos uma revelação foda também, de que a Zona Fantasma o lugar onde os Kriptonianos criminosos como Zod, Faora e sua trupe, são jogados para lá ficarem pelo resto da eternidade, também faz parte desse mesmo Submundo.



 

Wonderworld, Barreira da Força de Velocidade e KWYZZ:

 

Wonderworld foi criado pelos deuses da Quarta Dimensão para proteger as fronteiras do mundo da poderosa maquina Mageddon.


Os Deuses criaram um herói conhecido como Adam One para dominar o lugar conhecido como Mammord, e então, ele transforma Mammord em Wonderworld, para segurar as pontas de Mageddon por ai! 

Isso é uma maquina?

Depois de um longo tempo, Mageddon enfim foi totalmente aniquilado, e Wonderworld passou por uma tremenda mudança depois do Evento Flashpoint, que reestruturou todo o Multiverso DC, colocando Wonderworld colado com a Barreira da Força de Velocidade e o Bleed, que impede a passagem para a Esfera dos Deuses.

Barreira da Força de Velocidade, é nada mais nada menos que o lugar de onde vem os poderes dos Velocistas mais famosos da DC, é a fonte dos poderes incríveis deles, Flash consegue viajar entre os Multiversos com esse poder, mas ele é limitado a somente esse lugar, ele não consegue atravessar até a Esfera dos Deuses.


KWYZZ é conhecido como Rádioverso, é o lar das ondas de rádio vivas, e lá vive Krakkl, um antigo amigo de Wally West, no qual ele se comunicava com um rádio.



Krakkl: Era o amigo imaginário de Wally, ou ao menos era o que ele achava. Ele se comunicava com a criaturinha através de frequências de rádio, ele é o defensor das frequências, e no futuro, onde Wally já havia se tornado o Flash, ele o desafia para uma corrida onde será decidido o futuro de seus mundos. Ele decide entregar sua energia para Wally, deixando ele ainda mais rápido que o normal, ele se uniu a seu amigo, Wally para salvar tanto a terra, quanto o seu Rádioverso.







Bem, esse é o fim da Esfera dos Deuses, eu até ultrapassei um pouco, indo na borda da esfera que contém os Multiversos... Mas tá tudo bem, agora vem a parte que realmente interessa, que é onde os Multiversos coexistem! Mas infelizmente eu vou ter que deixar isso pra próxima parte, pois este já está longo ATÉ DEMAIS.


Eu gostaria de agradecer agorinha a quem me ajudou com esse artigo, com pesquisas e etc, também com um apoio motivacional... Eu demorei meses para concluir só a primeira parte, e aposto que a segunda vai demorar um teco também, mas vamo que vamo!



E pensar que eu vou precisar de mais e mais copias desse mapa, só pra recortar uns planetinha... jisus craist... Foi um trabalho tenso, mas valeu a pena! Eu conheci mais do Universo DC, ainda não conheci muito, e aposto que tem gente que manja muito por ai.

Tô nesse estado ai

Bem, é isso galera, encontro vocês na parte 2! se alguém quer corrigir alguma coisa, ou tem mais informações sobre essa tramoia toda, são bem vindos para comentar qualquer coisa!
 
Fui e volto no dia MIL!

Postar um comentário

[facebook]

Flames

PedroTreck

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget