Janeiro 2015




Hoje vou falar de um gênero de games que desde sempre é um dos meus preferidos... E que infelizmente anda meio sumido ultimamente: os games de plataforma 3D. Bora ver como esse tipo de jogo, que de um dos mais constantes em lançamentos no passado, está a margem da indústria hoje em dia.

O que vou focar aqui é na vertente mais caricata do gênero, como Mario ou Rayman, portanto não esperem que eu fale de Prince of Persia  por exemplo.

O inicio de tudo e a difícil transição para o 3D

A geração 16 bits foi um período muito foda, mas no seu final, lá no meio dos anos 90, estava vivendo um período de marasmo. Não é que não tinha jogos bons, muito pelo contrário, tinha muito jogo foda, porém era meio difícil pros caras fazerem uma grande revolução, muito pela limitação dos consoles da época. Os jogos tinham em sua base a mesma premissa desde a geração anterior, por isso precisava de uma grande ‘’chacoalhada’’ para dar uma renovação na indústria. Essa renovação estava engatilhando desde o inicio dos anos 90 com um tipo completamente novo de jogo: os games 3D.


Ter jogos em uma dimensão nova assim deve ter sido incrível naquela época, e um desafio fodido para os desenvolvedores, afinal os jogos já tinham estabelecido uma base, tipo, uma característica de como eles eram, e todos já estavam acostumados com isso (e até um pouco de saco cheio), transitar para algo totalmente novo como o 3D poderia muito bem dar em merda e levar tempo para estabelecer um padrão de qualidade a ser seguido por todos. E foi assim que aconteceu. Pela dificuldade de mexer com uma tecnologia nova e complexa, vários games falharam, inclusive franquias que eram muito legais em 2D, como Eatrhworm Jim e Gex, o que custou caro para elas, já que seus games em 3D foram tão ruins que destruíram definitivamente as duas franquias. Mas nenhum jogo se tornou tão merda nessa transição para 3D quanto Bugsy 3D



Olha pra essa merda! Os outros dois jogos que eu citei acima são extremamente ruins... Mas é compreensível, dado a complexidade da nova tecnologia e blablabla, mas esse Bubsy 3D não tem desculpa nenhuma, o game é uma completa aberração. Tudo no jogo é amador, os cenários, a jogabilidade terrível, os gráficos, absolutamente tudo! E pra completar, o Bubsy não para de falar um segundo sequer durante o jogo... O que desconfio que foi feito de propósito para irritar ainda mais o jogador. Os criadores desse jogo devem ser sádicos. Nem precisa falar que esse jogo é considerado um dos piores da história, e que a série Bubsy foi obliterada da existência depois dele, né?

Tá, mas eu disse mesmo assim.


Pois bem, caros leitores, hoje é dia de falar de uma das séries mais geniais e bem feitas que já tive o prazer de conhecer. Tão incrível que não se limitou apenas aos livros bem sucedidos como também migrou para o mundo dos games. The Witcher , que por razões que desconheço não fez muito sucesso aqui no Brasil, (talvez pela complexidade do gameplay), é uma obra extremamente madura, que trata de inúmeros temas bem densos, que vão bem além do sexo, pra você interessado apenas na mulher nua da capa...

Flames

PedroTreck

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget